Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 12/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 17/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 12/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 17/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 12/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 17/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 12/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: RTP África retoma emissões a 8 de Novembro

media Emissões da RTP África voltam à Guiné-Bissau a 8 de Novembro GettyImages

As emissões da RTP África (Rádio e Televisão de Portugal) voltam a ser difundidas na Guiné-Bissau a 8 de Novembro. Os dois governos confirmaram um acordo político que põe cobro à suspensão do sinal da RTP desde 1 de Julho.

Na altura Bissau alegava que o acordo de cooperação entre Bissau e Lisboa estava cadudo e que a parte portuguesa por múltiplas vezes se furtara a renegociar esse protocolo.

Lisboa, por seu lado, por intermédio do chefe da diplomacia, denunciara com preocupação o alegado silenciamento dos meios de comunicação social.

Nesta terça, 30 de Outubro, foi na capital portuguesa no Palácio da Ajuda que ambos os países assinaram um acordo político que permitirá por cobro à suspensão dos canais de rádio e de televisão portugueses para África.

O ministro português da cultura, Luís Filipe Castro Mendes, explicou ter sido assinado um acordo mediante o quel o seu país se compromete em "rever, analisar e estudar um novo acordo de cooperação na área da comunicação social com a Guiné-Bissau".

Por seu lado o ministro guineense da comunicação social, Vítor Pereira, precisou que a medida teria efeito a 8 de Novembro, dia de Conselho de Ministros.

E isto já que esta é uma decisão que emana deste órgão sendo que o governante em causa só poderia participar nesse fórum na próxima semana, nesse mesmo dia, já que amanhã estaria ausente de Bissau.

O ministro da Guiné-Bissau precisou que o seu país "vai dentro de um ano, se tanto, entrar na área da digitalização. Logo são necessários instrumentos legais e de cooperação adequados às novas realidades."

O novo protocolo deveria poder permitir também a difusão em Portugal das emissões da RTGB (Rádio e Televisão da Guiné-Bissau), em moldes ainda por definir.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.