Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Irão descarta novo acordo sobre o nuclear

media Emmanuel Macron e Donald Trump, presidentes francês e americano em Washington a 24 de Abril de 2018. REUTERS/Kevin Lamarque

O Irão, mas também a Rússia, descartaram um novo acordo sobre o programa nuclear iraniano, como preconizado nesta terça-feira pelos Estados Unidos e pela França. Donald Trump e Emmanuel Macron, que se reuniram em Washington nesta terça-feira, anunciaram desejar trabalhar em prol de um novo acordo sobre o programa nuclear iraniano.

E isto já que o presidente americano ameaça por cobro ao acordo de 2015 que, em seu entender, seria um "desastre".

A França apresentava este desfecho como uma conquista da visita do seu presidente aos Estados Unidos.

O Irão opôs-se de imediato a este cenário. O presidente Hassan Rohani alegou que Trump não tem competência nenhuma nem em política, nem em direito, nem em acordos internacionais preferindo qualificar o chefe de Estado americano como sendo "um empresário, um edificador de torres".

A Rússia também se demonstrou inflexível ao não aceitar renegociar o acordo vigente que não teria alternativa, segundo o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

O texto ainda em vigor prevê o levantamento progressivo e condicional das sanções internacionais impostas ao Irão em troca da garantia de Teerão de que não se vai equipar com a arma atómica.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.