Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 18/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Cabo Verde

Cabo Verde vai avaliar plano de mitigação da seca

media Cabo Verde vai avaliar plano de mitigação da seca Peter PARKS / AFP

Cabo Verde vai avaliar a implementação do programa de mitigação da seca e do mau ano agrícola que tem estado a gerar preocupação no arquipélago.

Cabo Verde vai fazer uma avaliação global da implementação do programa de mitigação da seca e do mau ano agrícola. O anúncio foi feito pelo ministro dos Negócios Estrangeiros e das Comunidades, Luís Filipe Tavares, que afirmou também que o momento servirá para perspectivar os próximos meses.

A avaliação global da implementação do programa de mitigação da seca e do mau ano agrícola vai ser feita ao longo da próxima sexta-feira.

Por outro lado, a representação da FAO no arquipélago esclareceu a informação quanto à inclusão de Cabo Verde numa lista de países a necessitar de assistência alimentar externa. Em comunicado, a FAO afirma que os números avançados foram estimados com base na avaliação da seca e do mau ano agrícola de 2017.

A organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura admitiu que as informações veiculadas na semana passada estão desactualizadas e notou que Cabo Verde agiu atempadamente na preparação de um programa de emergência.

De sublinhar que, na altura, o primeiro-ministro cabo-verdiano, de visita oficial a São Tomé e Príncipe, reagiu afirmando que o país não está a atravessar uma crise alimentar, o que existe, segundo, Ulisses Correia e Silva "são efeitos fortes do impacto da produção agrícola e pecuária e o efeito directo nas pessoas que vivem dessa actividade”.

Odair Santos, correspondente em Cabo Verde 13/06/2018 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.