Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 21/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 21/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 21/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 21/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Cabo Verde

Cabo Verde deve reavaliar gestão de água

media  
Ilha do Sal, Cabo Verde RFI/NeidyRibeiro

A embaixadora da União Europeia em Cabo Verde afirmou que a gestão da água é essencial para o País-arquipélago e por isso deve ser reavaliada. A diplomata europeia considera gestão da água como uma questão “extremamente importante” a médio e longo prazos,para o equilíbrio sócio-económico de Cabo Verde.

No momento que Cabo Verde está a braços com a pior seca dos últimos quarenta anos, a embaixadora da União Europeia no arquipélago afirma que a gestão da água é uma questão extremamente importante para o país e que deve ser pensada a médio e longo prazos.

Em declarações aos jornalistas, na cidade da Praia, Sofia Moreira de Sousa disse que embora seja necessário salvar o gado e criar emprego para as pessoas que perderam rendimento com a falta de produção agrícola, é preciso repensar a reutilização da água para a agricultura e criação de gado.

Decorre ,até ao próximo mês de Outubro, a implementação do Programa de Emergência visando atenuar os efeitos da seca e do mau ano agrícola 2017/2018, que já mobilizou 22 mil metros cúbicos de água.

O Programa de Emergência dispõe de um orçamento de 10 milhões de euros, sendo que desse total, sete milhões de euros são disponibilizados pela União Europeia.

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.