Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Migrantes de Aquarius chegam a Valencia

media O Aquarius atraca em Valencia com os 630 migrantes. 17 de Junho de 2018 REUTERS/Heino Kalis

Depois de uma semana a deriva no Mar Mediterrâneo, os migrantes do barco Aquarias chegaram a Valencia, no sul da Espanha, as centenas de migrantes, dos quais oitenta mulheres e onze crianças foram acolhidos pelas autoridades espnaholas. A França anunciou que está pronta para receber,uma parte dos 630 migrantes que se encontram a bordo do Aquarius.

Rejeitados há uma semana pela Itália,os 630 imigrantes do Aquarius que chegaram a Valencia neste domingo,estão no centro de uma querela entre países membros da União Europeia.

A França que tinha inicialmente criticado a Itália, pela decisão tomada pelo seu vice-primeiro-ministro e ministro do interior, Matteo Salvini, de recusar o acolhimento do Aquarius, informou que está disposta a receber uma parte dos migrantes.

O padre Angel, conhecido na Espanha pelas suas actividades humanitárias de apoio aos migrantes, qualificou a chegada a Valência do Aquarius,de dia histórico.

Foi o novo governo espanhol,liderado pelo socialista Pedro Sanchez, quem decidiu acolher na segunda-feira passadar as centenas de migrantes socorridos pelo barco Aquarius da ong Médicos Sem Fronteiras, na noite de 9 para 10 de Junho ao largo da Líbia.

Os 630 migrantes, entre os quais oitenta mulheres, sete delas grávidas, bem como 11 crianças com menos de 13 anos, não receberam a autorização para atracar na Itália e na ilha de Malta.

A decisão humanitária e política do governo de Madrid, é vista como uma iniciativa destinada a dar um impulso ao debate na União Europeia, sobre a crise migratória que tem afectado a Europa nos útimos anos.

No sábado o ministro do interior italiano, Matteo Salvini, reiterou a vontade do seu país de não acolher mais nenhum barco de migrantes, socorrido pelas organizações não-governamentais.

Na sua maioria africanos, os migrantes do Aquarius foram acolhidos em Valencia por 2000 benévolos, incluindo 470 tradutores e 1000 voluntários da Cruz Vermelha, que distribuíram nomeadamente cobertores, vestuário, assim como estojos com artigos de higiene.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.