Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 22/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 21/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 22/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 21/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 22/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 21/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 22/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 21/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Mali: ministro confirma existência de valas comuns

media O ministro da Defesa maliano Tiéna Coulibaly, durante uma reunião dos ministros da Defesa do Sael e do Saara em Abidjan,na Costa do Marfim.04 de Maio de 2017 REUTERS/Luc Gnago

O ministro da Defesa do Mali Tiéna Coulibaly, confirmou a existência de valas comuns entre as localidades de Nantaka e Kobaka, próximo de Mopti, na região central do país africano. Tiéna Coulibaly reconheceu que militares estariam implicados na execução de mais de duas dezenas de indivíduos, na citada região, no passado dia 13 de Junho.

De acordo com testemunhas, no dia 13 de Junho, militares malianos fardados prenderam várias pessoas em Nantaka e Kobaka, próximo de Mopti, na região central do Mali.Do grupo de pessoas inicialmente detidas, somente os que não pertenciam à etnia Fula foram libertadas.

Segundo as mesmas testemunhas, as 25 pessoas restantes,da etnia Fula, foram executadas pelos miliatres e em seguida enterradas em três valas comuns,na proximidade de Nantaka e Kobaka.

Numa primeira fase,o ministro da Defesa do Mali,Tiéna Coulibaly desmentiu a existência das valas comuns.

Na quarta-feira,Coulibaly reconheceu a existência das mesmas, bem como confirmou o envolvimento de militares malianos na execução das 25 pessoas.

Tiéna Coulibaly, ministro da Defesa do Mali 20 06 2018 20/06/2018 ouvir

A missão que se deslocou ao centro de país não é judicial, mas sim técnica. Esta última chegou à conclusão de que pessoas foram mortas e que militares estão implicados.

Não tenho mais pormenores, mas é suficiente para que tome duas decisões: a primeira é que o estado-maior se desloque à citada região, para se inteirar do que se passa, de forma a aplicar as medidas necessárias de âmbito militar e a segunda visa encetar procedimentos judiciais por intermédio do procurador militar. Estas duas instruções foram dadas.

Por isso todas as pessoas, cujo envolvimento for apurado, serão evidentemente passíveis de sanções administrativas, isto é, de acordo com o regulamento militar. Isso enquanto aguardamos,os procedimentos judiciais para todos os implicados". (Tiéna Coulibaly).

O ministro da Defesa do Mali, apelou também às Forças Armadas para que estas respeitem as convenções de direitos humanos, assim como sublinhou que está decidido a lutar contra a impunidade.

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.