Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 24/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 24/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 24/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 24/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

África apostada em ir em frente no Mundial2018

media Jogo Nigéria-Argentina no Mundial de futebol de 2014. PEDRO UGARTE / AFP

Esta noite a Nigéria tenta carimbar o passaporte para os oitavos de final do Mundial de futebol perante a Argentina, mas foram várias as selecções africanas a abandonar o mundial : Marrocos e Egipto deixaram o torneio esta segunda-feira.

As selecções africanas apostam na passagem para a fase seguinte: será o caso na quinta-feira do Senegal, que ganhou o primeiro jogo, menos hipóteses tem a Tunísia nesse dia, e hoje é já a vez da Nigéria tentar apurar-se para os oitavos de final.

As super águias ocupam o segundo lugar do grupo D, com 3 pontos, e tentam levar a melhor perante a Argentina de Messi, que por ora conta apenas com um ponto.

Gernot Rohr, seleccionador dos nigerianos, apela, ainda assim, à humildade.

"A Argentina duvida dela mesma e nós queremos aproveitar isso. Sinto que os meus jogadores têm muito apetite, mas sei também quão enormes são as qualidades e a experiência dos argentinos. Por isso mantêmo-nos humildes."

Já duas equipas do norte do continente despediram-se na noite passada do Mundial.

Marrocos, ainda assim, terminou o torneio de cabeça levantada, no grupo B, ao empatar a duas bolas com a Espanha.

Mbarek Boussoufa assumia a decepção com o desempenho com duas derrotas iniciais, perante o Irão e Portugal.

"Podiamos ter ganho este jogo e mesmo a primeira partida. Foi por vezes falta de sorte. Estamos orgulhosos, ainda assim, e obviamente, contrariados também por sermos obrigados a ir-nos embora".

Já o Egipto, no grupo A, perdeu os três jogos e deixa a Rússia com 0 pontos.

O internacional egípcio Mohamed Salah admite a frustração com o desempenho e aposta já no próximo mundial.

"Sei que o resultado ficou aquém das expectativas dos adeptos. Mas foram 3 jogos difíceis. Não nos podemos esquecer que há 28 anos que o Egipto não participava num Mundial. A nossa equipa é muito jovem, estamos já a pensar na próxima edição: faremos tudo para nos apurarmos. Obrigado a todos os que nos apoiam."

África quer continuar presente no Mundial da Rússia a decorrer até 15 de Julho.

Ouça aqui a crónica sobre o desempenho das selecções africanas no Mundial de futebol.

Desempenho das selecções africanas no Mundial de futebol 26/06/2018 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.