Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/04 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/04 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/04 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 18/04 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/04 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/04 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 18/04 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/04 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/04 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 18/04 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/04 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/04 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Cabo Verde

Empresariado do Sal “esquecido e no anonimato”

media  
Ilha do Sal, Cabo Verde RFI/NeidyRibeiro

Empresários cabo-verdianos da ilha do Sal consideram-se “esquecidos e no anonimato". Governo afirma que "as coisas estão a andar bem".

À margem de uma visita de dois dias que o vice-primeiro-ministro e ministro da Finanças, Olavo Correia, efectuou à ilha mais turística de Cabo Verde, o porta-voz dos empresários nacionais na ilha do Sal, Manuel António Mendes, considerou que os operadores económicos cabo-verdianos no Sal estão “esquecidos e no anonimato”, por isso pediu aos políticos e governantes para conhecerem os investimentos cabo-verdianos na ilha do Sal.

O vice-primeiro-ministro e ministro da Finanças, Olavo Correia considerou que, de forma global, “as coisas estão a andar bem” em termos empresariais, mas afirmou que a Administração Pública tem de mudar para acompanhar os empresários.

Olavo Correia e Silva visitou, sexta-feira e sábado, empresas de diversas áreas na ilha do Sal: restauração, turismo, transporte e construção civil.

Amanhã, segue para as ilhas do Fogo e da Brava para apresentar o Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável de Cabo Verde, PEDS (2017-2021), bem como o Orçamento de Estado de 2019.

O Governo cabo-verdiano é alvo de críticas de vários sectores da sociedade que consideram que o executivo de Ulisses Correia e Silva comunica mal. As visitas do vice-primeiro-ministro são entendidas como resposta a essas críticas.

Com a colaboração de Odair Santos, correspondente em Cabo Verde.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.