Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 20/04 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/04 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/04 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/04 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 20/04 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/04 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 20/04 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/04 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/04 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/04 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Guiné-Bissau

Madem-G15 aceita resultados apesar de críticas à CNE

media O presidente de uma mesa de assembleia de voto mostra um boletim de voto durante a contagem de votos. PAULO CUNHA/LUSA

Braima Camará garante que o seu partido aceita os resultados eleitorais em nome da estabilidade do país. Todavia, o coordenador Madem-G15 aponta irregularidades e criticas à Comissão Nacional de Eleições.

Em conferência de imprensa, esta tarde, o coordenador do Movimento para a Alternância Democrática da Guiné-Bissau, Braima Camará, sublinhou que o partido aceita os resultados eleitorais em nome da estabilidade do país.

“Nos sentimos identificados com o nosso povo. A nossa preocupação não é fazer parte dos Governo. Queremos estabilidade, queremos soluções consensuais, consistentes que possam permitir ao país arrancar rumo ao desenvolvimento”, ressalvou Camará.

Braima Camará, coordenador Madem-G15 16/03/2019 ouvir

O Madem-G15 foi criado há cerca de oito meses por um grupo de dissidentes do PAIGC, partido que venceu as legislativas de domingo com maioria relativa.

Os resultados eleitorais dão ao PAIGC 47 mandatos, ao Madem-G15 27, ao PRS 21, à Assembleia do Povo Unido - Partido Democrático da Guiné-Bissau 5, à União para Mudança um deputado e também um assento parlamentar ao Partido da Nova Democracia.

Com a colaboração de Mussá Baldé, correspondente em Bissau.

Correspondência de Bissau 16/03/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.