Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Urgente
Argélia venceu CAN 2019
Mundo

Progressos nas negociações comerciais entre China e Estados Unidos

media  
O Presidente Donald Trump optimista,no que toca à um acordo comercial com a China. REUTERS/Joshua Roberts

A nova ronda de negociações para a um acordo comercial entre a China e os Estado Unidos prossegue em Washington com perspectivas positivas para ambas as partes. Segundo os analistas de mercados, o facto de as bolsas asiáticas terem registado uma alta do seu volume de transações, significa que um acordo,entre chineses e americanos, é provável nas próxima semanas.Tanto Donald Trump como Xi Jinping,exprimiram a sua vontade nesse sentido.

O optimismo das bolsas asiáticas, reflectido na alta das transações na sexta-feira, é, segundo os analistas de mercados, um sinal de que registam-se progressos na nova ronda de negociações para um acordo comercial entre a China e os Estados Unidos.

Segundo Donald Trump há esperanças de que os dois países cheguem muito depressa a uma conclusão positiva, no que toca à um acordo.

O Presidente americano, que se avistou com o vice-Primeiro-ministro chinês, Liu He, declarou que dentro de quatro semanas saberemos se Washington e Beijing, conseguiram pôr um termo ao diferendo, que tem caracterizado as suas relações comerciais.

Trump reconheceu que as negociações, em curso em Washington, estão no bom caminho.

De acordo com a agência noticiosa Xinhua, o Presidente Xi Jinping, também apelou para que as negociações terminem o mais depressa possível.

Tanto americanos como chineses estão optimistas no que diz respeito à um acordo, mas o que bloqueia a conclusão, é o ponto sobre o aumento, das taxas alfandegárias, imposto pelos Estados Unidos a China, em 2018.

Segundo o vice-Primeiro-ministro chinês, Liu He, é no interesse tanto da China como dos Estados Unidos, que as relações entre os dois países possam desenvolver-se sem obstruções.

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.