Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 18/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 17/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Moçambique: ONU não vai tolerar desvio de ajuda na Beira

media  
Habitantes sinistrados de uma aldeia próximo de Dondo na região da Beira aguardam a distribuição de géneros alimentícios, por uma organização humanitária. 24 de Março de 2019 REUTERS/Siphiwe Sibeko

Em Moçambique a ONU adverte que nao vai tolerar desvio da ajuda humanitária internacional destinada as vitimas do ciclone IDAI. Medidas como ocontrolo electrónico do encaminhamento da ajuda, para as populações sinistradas do ciclone IDAI,vão ser tomadas,segundo o coordenador da ONU Sebastian Rogge, para evitar o roubo, entre outros, da assistência alimentar às vítimas. Mais pormenores com Orfeu Lisboa em Maputo.

A posição exprimida por Sebastian Rogge da Organização das Nações Unidas surge depois da Procuradoria Geral da República de Moçambique ter anunciado,na sexta-feira, a detenção de três indivíduos por desvio da ajuda humanitária às vítimas do ciclone tropical IDAI, que matou, segundo a ultima actualização neste sábado, 602 pessoas.

Os três indivíduos envolvidos no roubo de produtos, nomeadamente alimentícios, destinados às populações sinistradas devido ao IDAI, seriam pessoas ligadas ao INGC ( Instituto Nacional de Gestão de Calamidades).

Augusta Maita, Directora Geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades distanciou-se desta prática visando funcionários da organização que dirige.

Neste momento mais de 500 mil famílias estão a receber ajuda humanitária de organizações internacionais na província de Sofala.

Perante o desvio da assistência humanitária, a ONU anunciou a introdução de um sistema eletrônico para o controlo das viaturas e outros meios, que transportam ajuda dos armazéns para as vítimas do ciclone IDAI nas províncias do centro de Moçambique.

 

 

 

 

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.