Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 18/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 18/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 18/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Estados Unidos: Warren e Sanders denunciam política identitária e racismo institucional

media Elizabeth Warren durante o primeiro debate dos democratas americanos, em Miami, na Flórida. 26 de Junho de 2019 REUTERS/Mike Segar

Os aspirantes à candidatura dos democratas à eleição presidencial americana de 2020 prosseguem a série de debates, para apresentar as suas propostas aos militantes do Partido Democrata que esperam ter uma alternativa ao actual presidente republicano Donald Trump. Segundo os analistas, o debate actual revela as diferenças ideológicas dos democratas que aspiram governar os Estados Unidos. Elizabeth Warren e Bernie Sanders, dois elementos da chamada ala progressista dos democratas, criticaram respectivamente a política identitária de Donald Trump e as discriminações no que toca ao acesso à saúde e à educação nos Estados Unidos.

O segundo debate entre os aspirantes à candidatura do Partido Democrata para a eleição presidencial americana de 2020  em Detroit, deu destaque a duas figuras da chamada ala progressista dos democratas, respectivamente Elizabteh Warren e Bernie Sanders.

Veterana do Partido Democrata , a congressista Elizabeth Warren criticou a política identitária de Donald Trump, bem como o apoio da actual administração americana, nomeadamente, às medidas anti-ambientalistas.

Candidata democrata Elizabeth Warren 31/07/2019 ouvir

Nós devemos chamar a "supremacia branca" pelo seu verdadeiro nome, que é terrorismo doméstico. Nós vivemos num país em que o presidente está a promover o racismo ambiental, o racismo económico, o racismo penal, e o racismo em matéria de saúde"

                                                                           Elizabeth Warren.

Por seu lado Bernie Sanders que já tinha sido candidato às primárias democratas em 2016, destacou as discriminações endémicas numa sociedade americana, que ainda não se libertou das sequelas da escravatura.

Candidato democrata Bernie Sanders 31/07/2019 ouvir

Devido à escravatura e à segregação, e ao racismo institucional, nós vemos hoje discriminações nos domínios da saúde, da educação, nos serviços financeiros.

Nós vamos ter que dedicar muito tempo a resolver os problemas de todos os americanos com dificuldades, incluindo as comunidades africano-americanas.

                                                                                         Bernie Sanders

Saliente-se que Elizabteh Warren e Bernie Sanders têm sido alvo de críticas, por parte dos sectores ditos moderados do Partido Democrata, como por exemplo o também candidato e ex-congressista, John Delaney, que os acusou de propôr uma política económica de contos de fadas.

Na quarta-feira estarão frente a frente, o ex-vice presidente dos Estados Unidos Joe Biden e os senadores africano-americanos Kamala Harris e Cory Booker. Harris e Booker têm sido muito críticos, sobre as posições etno-raciais de Joe Biden, que beneficia actualmente da preferência dos seus correligionários para representar o Partido Democrata, na eleição presidencial americana de 3 de Novembro de 2020.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.