Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 13/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 13/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 13/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 13/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Iémen:acordo com ONU para retoma de ajuda humanitária

media  
Consternação entre os polícias iemenitas depois de um atentado que provocou a morte de vinte agentes no dia 1 de Agosto de 2019 REUTERS/Fawaz Salman

As Nações Unidas e os hutis do Iémen anunciarm neste domingo a assinatura de um acordo visando o escoamento da ajuda alimentar para as zonas controladas pelo rebeldes em conflito armado com as autoridades locais. A ajuda tinha sido suspensa no passado dia 20 de Junho, depois dos rebeldes terem sido acusados de desviá-la.

Com o acordo concluído entre a ONU e os hutis, em luta armada contra o poder de Sana, o Programa Mundial de Alimentação vai retomar a distribuição, da ajuda alimentar às populações residentes,nas zonas controladas pelos rebeldes.

O rebeldes hutis, em conflito com as autoridades iemenitas, tinhm sido acusados de desviar a ajuda alimentar destinada às populações.

Segundo Hervé Verhoosel do Programa Alimentar Mundial o acordo de alto nível, é um importante passo em frente que salvaguarda a responsabilidade da operação humanitária da ON, no Iémen. Verhoosel declarou a AFP que os pormenores técnicos da implementação do acordo, serão discutidos nos próximos dias.

O portal Alsyasiah, dos rebeldes hutis, informou que o acordo prevê a criação de uma base de dados biométrica dos civis que precisam de ajuda, de forma a garantir uma distribuição efectiva e eficaz, bem como a beneficiar os mais necessitados.

No dia 18 de Julho, o director do Programa Alimentar Mundial, David Beasley, comunicou que um acordo de princípio tinha sido concluído com os dirigentes hutis, para que fosse retomada a distribuição da ajuda alimentar nas zonas controladas pelos rebeldes iemenitas.

A ajuda as referidas zonas foi suspensa no dia 20 de Junho.

Segundo as agências internacionais, o conflito armado entre os hutis, apoiados pelo Irão, e as forças governamentais iemenitas com a ajuda de uma coligação liderada pela a Arábia Saudita, já provocou a morte de dezenas de milhares de pessoas, na sua maioria civis.

De acordo com a ONU existem igualmente 3,3 milhões de deslocados e 24,1 milhões de pessoas, 80% da população, necessitam de ajuda.

 

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.