Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/04 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/04 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/04 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/04 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/04 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/04 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/04 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/04 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Argélia assinala independências africanas

media A cidade de Argel Getty Imagens / Andrew Gunners

Nestas segunda e terça-feira a capital argelina acolheu uma conferência internacional assinalando os 50 anos de uma resolução das Nações Unidas sobre os direitos à independência dos países e dos povos colonizados. A Argélia, que desempenhou um papel importante nas independências dos países lusófonos em África, foi também a tribuna para se defender, agora, o direito à autodeterminação do Saara ocidental, ocupado por Marrocos.

Há cinquenta anos atrás as Nações Unidas aprovavam uma resolução (1514) em prol da independência dos povos e países colonizados.

A Argélia veio a desempenhar um papel fulcral no advento das independências dos países então sob administração colonial portuguesa e acolhe, agora, uma conferência internacional com cerca de 1000 participantes, inclulindo representantes de Angola, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe.

Neste fórum Jean Ping, Presidente da Comissão da União Africana, defendeu a conjugação de esforços visando obter a independência do Saara ocidental, sob ocupação marroquina desde 1975.

Miguel Trovoada, antigo presidente da república de São Tomé e Príncipe, actual secretário-executivo da Comissão do Golfo da Guiné, faz o rescalo das primeiras intervenções neste fórum e relembra o papel desempenhado na altura pela Argélia na emancipação dos territórios em África sob administração portuguesa.

Miguel Trovoada sobre papel da Argélia 13/12/2010 ouvir

O antigo chefe de Estado de São Tomé e Príncipe refere-se também ao impacto da resolução da ONU em prol da autodeterminação dos povos colonizados que terá sido uma espécie de "catalizador" para a afirmação de um direito "legítimo e natural".

Miguel Trovoada sobre resolução ONU 13/12/2010 ouvir

Com a colaboração de Cândido Camará em Argel

 

 

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.