Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 27/11 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 02/12 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/11 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 02/12 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 27/11 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 02/12 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/11 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 02/12 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 27/11 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 02/12 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/11 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 02/12 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 27/11 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 02/12 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/11 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 02/12 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

CEDEAO vai ajudar a Guiné-Bissau

media AFP FOTO/ ISSOUF SANOGO

O presidente de Transição na Guiné Bissau, Serifo Nhamadjo, disse que a Comunidade dos Estados Económicos da África Ocidenta levantou as sanções à Guiné-Bissau e vai ajudar financeiramente o país.

As declarações foram feitas durante a sua escala em Dakar, no Senegal. O presidente do Governo de Transição na Guiné Bissau, Serifo Nhamadjo,  afirmou que a CEDEAO levantou as sanções à Guiné-Bissau e vai ajudar financeiramente o país e falou ainda da situação do Mali.

Serifo Nhamadjo, Presidente de Transição da Guiné-Bissau 30/06/2012 ouvir

 

O Mali foi outro dossier que dominou a ordem dos trabalhos da Cimeira da CEDEAO- foi a o MAli, Mamadou Jao, director do Instituto Nacional e Pesquisa na Guiné-Bissau comenta a possibilidade da CEDEAO enviar uma força de estabilização para o Mali.

Mamadou Jao, director do Instituto Nacional e Pesquisa na Guiné-Bissau 30/06/2012 ouvir

Com a Colaboração do nosso correspondente em Dacar, Cândido Camara.

 

 

 

 

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.