Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 05/02 16h00 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 05/02 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 05/02 17h00 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 04/02 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 05/02 18h00 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 04/02 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 05/02 19h00 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 04/02 19h10 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 07/02 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 07/02 16h06 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 07/02 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 07/02 17h06 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 07/02 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 07/02 18h06 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 07/02 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 07/02 19h06 GMT
África

Kok Nam embondeiro do fotojornalismo moçambicano

media Kok Nam fotojornalista savana - Divulgação

Desde sábado (11 de agosto) Moçambique ficou mais pobre culturalmente perdendo um dos seus mais brilhantes homens do fotojornalismo e estamos a falar de Kok Nam. Ele morreu com a idade de 72 depois duma vida toda ela ligada ao fotojornalismo, às artes e à cultura.

Em entrevista à RFI, o Ministro moçambicano da Cultura, Armando Artur , falou da homenagem que o Estado moçambicano prestou ao artista Kok Nam esta quinta feira (16 de Agosto) em representação do Presidente Armando Guebuza durante um evento organizado no Salão nobre dos Paços do conselho municipal de Maputo, sublinhando que Kok Nam era um "embondeiro do fotojornalismo de Moçambique e um dos criadores da nação moçambicana." 

Kok Nam era um dos pais do fotojornalismo moçambicano, foi Director do semanário Savana, mas vinha de longe da província chinesa de Cantão donde eram originários os seus pais camponeses e ainda no tempo colonial português chegou a passar pelo Diário de Moçambique e Voz Africana. 

Com a independência foi o homem do fotojornalismo da revista Tempo e mais tarde ajudou a criar a Mediacoop com o malogrado jornalista Carlos Cardoso assassinado em 2000 por causa dos seus trabalhos de investigação e denúncia de corrupção em Moçambique. 

Neste retrato do fotojornalista moçambicano, o Ministro da Cultura de Moçambique Armando Artur foi buscar a imagem do "embondeiro", árvore gigantesca do centro do país para caracterizar  "Kok Nam como um dos grandes homens das artes e da cultura moçambicana".

Armando Artur, ministro moçambicano da cultura 16/08/2012 ouvir

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.