Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 25/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 25/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 25/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 25/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Egipto: um ano depois de Morsi

media Polícia reprime apoiantes de Mohamed Morsi REUTERS/Al Youm Al Saabi Newspaper

Um ano após a deposição de Mohamed Morsi, o Egipto continua marcado pela violência. Actualmente, o exército assume o poder e o antigo marechal Abdel Fattah Saeed Hussein Khalil el-Sisi é o novo presidente, eleito com 96,9% de votos.

Um ano depois da deposição do primeiro presidente eleito democraticamente no Egipto, as ruas de várias cidades do país voltaram a ser palco de protestos contra o regime de Abdel Fattah al-Sisi.

No dia 3 de Julho de 2013, Abdel Fattah al-Sisi, na altura comandante do exército, anunciou a detenção e destituição de Mohamed Morsi. Hoje, na cadeira do poder senta-se o marechal al-Sisi, num país que continua marcado pela violência e pela restrição de liberdade. Al-Sisi que não poupa esforços na repressão dos apoiantes do presidente islamita. Mais de 1.400 mortos, 15.000 detenções e centenas de condenações à morte.

Correspondência do Cairo 03/07/2014 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.