Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Fraudes levam Zanzibar a repetir eleições

media Fraudes levam Zanzibar a repetir eleições REUTERS/Sadi Said

As eleições presidenciais, parlamentares e locais no arquipélago semi-autónomo de Zanzibar, na Tanzânia, foram anuladas devido a fraudes e um novo escrutínio deverá ter lugar. O anúncio foi feito esta quarta-feira pelo presidente da comissão eleitoral local.

As eleições gerais em Zanzibar devem ser anuladas e organizadas novamente, uma vez que foram constatados situações irregulares como o caso de eleitores que votaram várias vezes, explicou Jecha Salim Jecha no comunicado difundido na televisão pública.

" Na qualidade de presidente da Comissão Eleitoral Local, estou convencido que o processo eleitoral não foi equitativo e que houve infracções à lei. Declaro assim oficialmente que todos os resultados serão invalidados e novas eleições deverão ser organizadas", declarou. Com estas eleições Zanzibar, situado no Oceano Índico, devia designar o seu próprio Presidente e deputados, no passado domingo, no quadro das eleições gerais que tiveram lugar a nível nacional na Tanzânia.

Oposição declara-se vencedora

Desde segunda-feira que o actual vice-presidente do principal partido de oposição do arquipélago, a Frente Cívica Única - Seif Sharif Hamad, declarou-se vencedor na eleição presidencial local. Ele afirma ter conquistado 52,87% dos votos, contra 47,13% obtidos pelo Presidente Ali Mohamed Shein. Os dois homens partilham actualmente o poder no governo de coligação.

Tumultos em Zanzibar

Na terça-feira as forças de segurança cercaram o principal centro de apuramento de votos impedindo durante algumas horas a entrada e saída do local, após o candidato Hamad ter repetido que não irá reconhecer a sua derrota se lhe roubarem a vitória. Tiros foram ouvidos durante esta noite na capital de Zanzibar. Esta manhã as ruas estavam praticamente vazias e muitas lojas encerradas, segundo relata um fotógrafo da AFP.

A Tanzânia nasceu em 1964 da fusão entre Tanganika continental e Zanzibar. As vilências pós-eleitorais são frequentes no arquipélago.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.