Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 24/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 24/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 24/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 24/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Há Angolanos no meio dos refugiados em França

Há Angolanos no meio dos refugiados em França
 
Centenas de migrantes e refugiados organizam-se para enfrentar dificuldades, em Paris Vitor Matias

Dados revelados pela ONU (Organização das Nações Unidas), indicam que o fluxo de pessoas desesperadas que partiu da Síria e do norte da África, para alcançar a Europa, é cada vez maior.

A França tem recebido milhares de migrantes e refugiados, e decidiu criar centros de acolhimento em Paris, e na periferia, podendo albergar cerca de 900 pessoas.

Mas entretanto, milhares de pessoas vivem na miséria, sem condições de higiene, dormindo no chão ou em tendas oferecidas por serviços sociais, comendo uma vez por dia, refeições distribuídas por organizações humanitárias. 

A RFI encontrou um desses refugiados, um Angolano, que evocou a sua situação, mas pediu o anonimato. Oiça aqui o seu depoimento.
 

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.