Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 26/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 26/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 25/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 25/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Gabão:Jean Ping lança apelo para a resistência popular

media Jean Ping

No Gabão, após a proclamação pelo Tribunal Constitucional da vitória de Ali Ondimba Bongo na eleição presidencial, o seu principal adversário Jean Ping apelou a população gabonesa e os seus partidários em particular a entrar em resistência e a lutar contra a ditadura, segundo ele, imposta pela citada instituição.

 Jean  Ping , principal adversário de Ali  Ondimba Bongo,  contestou  mais  uma  vez a  decisão  tomada  pelo Tribunal Constitucional  de validar a  reeleição  de Bongo  à  presidência  da República  gabonesa. A oposição, em  particular os apoiantes de Ping, tinha denunciado logo a seguir ao escrutínio de Agosto, o  que eles qualificaram  de fraude com tendência a  favorecer  o  Presidente cessante. O período  pós- eleitoral marcado por  uma  vaga  de  violência provocou a morte a várias pessoas.

O governo anunciou a  morte  de  três pessoas, números contrariados pela oposição que fala, em pelo  menos duas  centenas. O  jornal  local  "Le Mbandja  foi  suspenso pelo Conselho Nacional  da Comunicação  por ter  afirmado,  num artigo  consagrado  à crise pós-eleitoral, que o número exacto  de mortos era 212, assim como o  governo  tinha  constituído um  esquadrão da morte para  reprimir as manifestações em Libreville.

Nesta sexta-feira o candidato infeliz, Jean Ping apelou, uma vez mais, aos  seus  partidários para protestem contra a decisão tomada pelo Tribunal Constitucional do Gabão. Jean Ping considerou  que  o  governo quer  impôr  uma ditadura  e bloquear  a  alternância política no  país .    

Jean Ping 30.09.2016 01/10/2016 ouvir

                                          

Jean Ping :"Eu lanço um apelo a todos os gaboneses para que resistam activamente até ao fim desta traição . O povo gabonês deve rejeitar e opôr-se com determinação a mais uma impostura . Nós devemos todos recusar este golpe de Estado militar e eleitoral . Compatriotas nossos morreram, não aceitemos as suas mortes em vão. Eles morreram para que a democracia, a alternância e a mudança política se exprimam finalmente no nosso país. No respeito pelas normas internacionais em matéria de democracia, nós devemos lutar unidos para libertar o nosso país do jugo desta ditadura que acaba de ser imposta pelo Tribunal Constitucional".

Cerca de 70 pessoas , entre as quais, dirigentes  da oposição  continuam detidas, na  sequência  da  vaga de  violência que ocorreu logo depois do  escrutínio. Ali Ondimba Bongo, cuja vitória  na eleição presidencial  foi  validada  pelo Tribunal Constitucional, tomou  posse no dia  27 de Setembro  para  um novo mandato de sete anos.       

 

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.