Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 12/11 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 17/11 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/11 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 12/11 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 17/11 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/11 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 12/11 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 17/11 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/11 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 12/11 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/11 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/11 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

"Alto nível de ameaça" terrorista em França

media Mercado de Natal na Avenida dos Campos Elísios em Paris CHRISTOPHE ARCHAMBAULT / AFP

A França enfrenta um “alto nível de ameaça” terrorista mas tem um plano de vigilância “particularmente elevado”, declarou, hoje, o presidente francês, François Hollande. Esta segunda-feira, um ataque com um camião num mercado de natal de Berlim fez, pelo menos, 12 mortos.

“Temos um alto nível de ameaça e temos um nível e um plano de mobilização e vigilância particularmente elevados também”, declarou o chefe de Estado francês , François Hollande, à imprensa, um dia depois do atentado que fez, pelo menos, 12 mortos num mercado de natal, em Berlim.

Em 2015 e 2016, a França foi alvo de vários atentados, incluindo um com um camião pesado a abalroar uma multidão que assistia ao fogo de artifício na cidade de Nice, a 14 de Julho, matando 86 pessoas.

“Quero expressar aqui, em nome da França, a sua solidariedade e a nossa compaixão para com a Alemanha que acaba de ser atingida por um atentado terrorista em Berlim”, disse François Hollande.

O presidente francês acrescentou que “a França sabe o que representa um ataque terrorista, os efeitos de desolação e tristeza”, sublinhando que é preciso união: “Isto vale para um país que é atingido, vale para toda a Europa e vale para o mundo inteiro face à ameaça terrorista”, declarou.

François Hollande acrescentou que em França foram dadas ordens para tornar seguros “tanto quanto possível todos os locais e nomeadamente os mercados de Natal”.

O mercado de Natal da Avenida dos Campos Elísios, em Paris, era um dos alegados alvos visados pelos seis homens recentemente detidos em França e que tinham planeado um suposto atentado para 1 de Dezembro na capital francesa.

Hoje, o ministro francês do Interior, Bruno Le Roux, pediu aos franceses para “se divertirem” mas também para “serem prudentes” nas festas do final de ano: “Peço vigilância a cada um, peço que não haja um clima de medo. Garantimos a protecção do nosso território e dos nossos cidadãos”, afirmou o ministro na estação de rádio francesa Europe 1.

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.