Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 19/11 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 24/11 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/11 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/11 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 19/11 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/11 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/11 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/11 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 19/11 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/11 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/11 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/11 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 19/11 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/11 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/11 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/11 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Seis humanitários assassinados no Sudão do Sul

media

Assassinadas seis pessoas cujas identidades não foram reveladas, membros de uma ONG também não identficada, quando se deslocavam em coluna  entre Juba e Pibor, no Sudão do Sul.

São ainda muitas as incógnitas sobre este assassínio não reivindicado, ocorrido no passado sábado (25/03) de seis membros de uma ONG de ajuda humanitária também não identificada, tal como as vítimas.

Padre Raimundo Rocha 27/03/2017 ouvir

Raimundo Rocha, missionário brasileiro comboniano em Juba dá conta das informações reveladas no terreno, segundo as quais o ataque ocorreu "numa área controlada pelo governo, entre a capital Juba e Pibor, no leste do Sudão do Sul, a caminho da Etiópia".

Sabe-se que "pelo menos dois veículos, não se sabe com quantas pessoas a bordo, mas segundo a midia local um dos veículos foi emboscado por individuos armados, não se sabe se eram pessoas do exército ou de alguma milícia e infelizmente seis pessoas foram assassinadas no que parece ter sido um assalto seguido da morte...de pessoas que prestam um grande serviço humanitário sobretudo junto das pessoas mais carentes".

A  ONU condenou severamente este assassínio e há um forte apelo por parte das entidades para que o governo instale uma comissão para investigar o ocorrido, refere ainda o Padre Raimundo Rocha.

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.