Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 17/02 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/02 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 17/02 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/02 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 17/02 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/02 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 17/02 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/02 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Libéria: futebolista chega à presidência da república

media O único Bola de ouro africano, Georges Weah, doravante presidente da Libéria REUTERS/Thierry Gouegnon

O antigo futebolista Georges Weah venceu a segunda volta das eleições presidenciais na Libéria com 61,5%. E isto segundo dados da Comissão de eleições após apuramento de 98,1% dos votos. Weah sucederá a 22 de Janeiro a Ellen Johnson Sirleaf, primeira presidente em África.

O único Bola de ouro de África (1995), astro do futebol dos franceses do PSG e do Milão AC em Itália da década de 90, e também senador chega desta feita à magistratura suprema da Libéria.

Georges Weah impôs-se confortavelmente perante o vice-presidente Joseph Boakai que se ficou pelos 38,5% dos votos.

A Libéria não viveu alternância política desde 1994. Esta vitória de Weah ocorre três décadas após o início de uma guerra civil particularmente sangrenta neste país anglófono da África ocidental - 250 000 mortos entre 1989 e 2003.

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.