Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 17/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 17/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 17/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Prémio Mo Ibrahim para antiga Presidente da Libéria

media Ellen Johnson Sirleaf, antiga Presidente da Libéria. REUTERS/Thierry Gouegnon

A antiga Presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf, venceu hoje o Prémio Mo Ibrahim da Excelência Africana, pelo seu desempenho durante os seus dois mandatos consecutivos entre 2006 e 2017 na chefia de um país que estava totalmente destruído por uma guerra civil entre 1999 e 2003 quando chegou ao poder. Segundo o comunicado da Fundação Mo Ibrahim, a antiga Presidente da Libéria "conduziu um processo de reconciliação concentrado na construção da unidade nacional e de fortes instituições democráticas. Ao longo de seus dois mandatos, ela trabalhou incansavelmente em nome do povo da Libéria".

Escassos 3 anos depois da guerra civil no seu país, esta economista e antiga Ministra das Finanças tornou-se em 2006 a primeira mulher eleita para o cargo de Presidente da República no continente africano, Ellen Johnson Sirleaf tendo sido em seguida reeleita em 2011, ano em que obteve igualmente o Prémio Nobel da Paz.

Apesar da situação económica do seu país ainda enfrentar desafios, no seu comunicado, a Fundação Mo Ibrahim realçou que "Ellen Johnson Sirleaf construiu as fundações sobre as quais a Libéria pode doravante erguer-se".

Fundado por Mo Ibragim, um empresário anglo-sudanês, o prémio lançado pela primeira vez em 2007 recompensa um antigo chefe de Estado ou de governo que tenha deixado as suas funções durante os 3 últimos anos, pela sua acção a favor do desenvolvimento do seu país. Este prémio no valor de 5 milhões de Dólares repartidos sobre 10 anos é acrescido de uma pensão vitalícia de 200.000 Dólares por ano a favor dos galardoados.

Até agora eram apenas cinco os antigos líderes contemplados, designadamente o antigo Presidente sul-africano Nelson Mandela, o antigo Chefe de Estado moçambicano Joaquim Chissano e o antigo Presidente de Cabo Verde, Pedro Pires. Em entrevista com a RFI, o antigo Presidente cabo-verdiano, Pedro Pires, considerou "acertada" a escolha de Ellen Johnson Sirleaf.

Antigo Presidente de Cabo Verde, Pedro Pires 12/02/2018 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.