Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 18/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 18/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 18/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Mandela faria hoje 100 anos

media Mandela faria hoje 100 anos REUTERS/Siphiwe Sibeko

A África Sul recorda hoje os cem anos do nascimento de Nelson Mandela. Várias iniciativas estão previstas esta quarta-feira para homenagear o ícone da luta contra o apartheid. Ontem o presidente Cyril Ramaphosa lembrou o legado deixado por Mandiba.

Os sul-africanos foram encorajados a fazer uma boa ação durante pelo menos 67 minutos, ou a contribuir financeiramente para uma boa causa em homenagem ao ex-presidente Nelson Mandela. As Autoridades sul africanas também deram o exemplo, o Presidente Cyril Ramaphosa inaugurou esta quarta-feira uma clínica em Mvezo, no Cabo Oriental na cidade natal de Madiba, como era carinhosamente chamado.

Ontem o Presidente sul-africano discursou na 16ª Conferência anual Nelson Mandela, na véspera dos 100 anos de nascimento do Nobel da Paz . Cyril Ramaphosa lembrou o legado deixado por Mandela, reiterando ainda o contributo do mesmo para a paz no país.

“Quando refletimos sobre uma vida extraordinária, somos obrigados a reconhecer que a maior característica deste filho africano era sua humanidade essencial. Ele é saudado como um ícone mundial, ele está imortalizado em estátuas, o seu adorna a nossa moeda nacional.

Ele nos livrou do conflito e da opressão para a terra prometida, liberdade, democracia e igualdade. No entanto, o seu legado mais duradouro foi ensinar-nos o que significa ser humano. Ele era um de nós. Ele nasceu de nós e foi formado por nós”, referiu.

Mais de 15 mil pessoas e muitos convidados especiais, entre estes, Graça Machel, mulher de Mandela, e o antigo presidente norte-americano, Barack Obama. Durante o discurso, Obama defendeu a visão humanista e social do ícone da luta contra o apartheid.

Nelson Mandela faleceu aos 95 anos, a 5 de dezembro de 2013. Se ainda fosse vivo, esta quarta-feira faria 100 anos. O primeiro Presidente negro da África do Sul e figura essencial para o derrube do apartheid viveu cada um dos seus anos, tanto os primeiros como os últimos, de forma intensa.

Correspondência de Mariamo Hassamo na África do Sul 18/07/2018 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.