Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Padre italiano raptado no Níger por homens armados

media Ministro do interior do Níger em 2016 visitando a região de Diffa atacada por jiadistas do Boko Haram © REUTERS/Luc Gnago

Padre italiano, raptado na segunda-feira à noite por homens armados na sua residência de Bamoanga, aldeia da região sudoeste do Níger, onde são frequentes incursões jiadistas. 

O padre italiano, Pier Luigi Maccalli, foi raptado na segunda-feira por homens armados na sua residência de Bamoanga, uma aldeia situada na região de Tillaberi no sudoeste do Níger, país atingido por incursões jiadistas frequentes.

"O rapto ocorreu por volta das 20 horas TMG. Eram 8 assaltantes que vieram de mota. Eles raptaram o padre em sua casa situada em frente à igreja", declarou à AFP, Thoma Codjovi, responsável da comunicação da missão católica, no Níger.

A Sociedade das missões africanas, de que depende o padre italiano, Macalli, confirmou o rapto na sua página Facebook, sublinhando, estar em contacto permanente com o ministério italiano dos negócios estrangeiros.

Versão idêntica à do responsável da comunicação da missão católica, no Níger, teve o bispo de Niamey, a capital, Monsenhor Laurent Lampo, que em entrevista, ao correspondente da RFI Afrique, sublinhou, que o padre italiano, raptado estava sozinho, afastando a hipótese de haver, com ele, duas religiosas, que moravam com ele.

Monsenhor Laurent Lampo, bispo de Niamey, em entrevista à RFI Afrique 19/09/2018 ouvir

"Eles abriram o quarto do padre, Pier Luigi Maccali e raptaram-no. Esses indíviduos foram em direcção de Burkina. Foi assim que tudo se passou."

"As religiosas não foram raptadas. Mas no seguimento dos tiros e ataques, elas tiveram medo e saíram. E, actualmente, estão sãs e salvas, em segurança."

De notar, que o Níger, é um país pobre, frequentemente, atacado por jiadistas, nomeadamente, no sudoeste, próximo do Mali.

Em abril, um humanitário alemão, tinha sido raptado na mesma região de Tillaberi. Antes, em 2016, outro humanitário americano havia sido raptado, mais a norte do país.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.