Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 11/11 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 13/11 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/11 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 11/11 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 13/11 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/11 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 11/11 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 13/11 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 11/11 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 12/11 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

França, Ruanda, África e a Francofonia

media Presidentes francês Macron e ruandês, Kagame, em Nova Iorque, com Louise Mushikiwabo, nova secretária-geral da Francofonia Ludovic MARIN / AFP

As relações entre Paris e Kigali, ficaram reforçadas, com a eleição da ex-ministra ruandesa dos Negócios estrangeiros, como secretária-geral da Francofonia. Foi aliás presidente Macron que abordou o seu homólogo, Kagame, sobre a eventualidade dessa candidatura, que foi logo validada, por Ruanda.

A OIF, Organização Internacional da Francofonia, tem desde quinta-feira à noite, uma nova secretária-geral, na pessoa de Louise Mushikiwabo, ex-ministra dos Negócios estrangeiros do Ruanda, no final da cimeira de Erevan, na Arménia.

Louise Mushikiwabo, tinha como uma Dama de ferro, competente e com experiência e conhecimento do continente africano, reagiu, à sua nomeação, declarando que desde que apresentou a sua candidatura ficou que teria de ir ao "encontro, dos membros da nossa organização."

A antiga chefe da diplomacia do Ruanda, sublinhou acreditar "num secretariado-geral ao serviço dos estados-membros” da OIF.

Mas, apesar de ter sido pelos membros da Organização, sobretudo da União Africana, há o papel fundamental e de peso de dois Presidentes, o francês, Emmanuel Macron e o ruandês, Paul Kagame.

Com efeito, foi o presidente Macron, que contactou o seu homólogo ruandês, Kagame, sobre a eventualidade duma candidatura da sua ministra dos Negócios estrangeiros, Louise Mushikiwabo.

Em entrevista à RFI África, o Presidente Paul Kagame, conta como foi abordado pelo Presidente Macron, que ele pensa, ter trazido uma "frescura à política e as relações entre a França e África. 

Presidente do Ruanda, Paul Kagame, sobre Francofonia, África e França 13/10/2018 ouvir

"As eleições em França, não foram assim há muito tempo e não podíamos prever quem seria Presidente da França. 

"Então quando se tem em consideração uma série de factores sobre o que se vai passar, vemos algo de novo, coisas diferentes, e no meu país, estamos habituados a isso."

"Penso que o Presidente Macron, trouxe frescura à política, não somente, em França, mas entre a França e África e França e o resto do mundo."

"Estamos a ver o mundo em transformação e é inevitável que tais coisas aconteçam." (Palavras do Presidente ruandês, Paul Kagame).

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.