Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 13/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 13/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 13/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 13/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

África do Sul: Ataques xenófobos contra moçambicanos

media Joanesburgo foi o centro de ataques xenófobos. Violência contra estrangeiros. REUTERS/Siphiwe Sibeko

Em conferência de imprensa em Maputo, o Conselho cristão de Moçambique condenou os ataques xenófobos que continuam a verificar-se na África do Sul contra cidadãos estrangeiros e manifesta preocupação com o silêncio das autoridades moçambicanas.

A situação dos ataques xenófobos na África do Sul que já duram a mais de uma semana estão a afectar cidadãos moçambicanos revelou a Directora Geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades - INGC -, Augusta Maita, que também anunciou a identificação de um espaço no distrito da Moamba, na província de Maputo onde será instalado um centro de abrigo para os cidadãos que fogem dos ataques xenófobos no país vizinho.

Face à situação dos ataques xenófobos que já duram a uma semana em várias cidades sul-africanas o conselho cristão de Moçambique quebrou o silêncio.

Em conferência de imprensa, o reverendo Dinis Matsolo e outros membros do Conselho cristão desencorajam actos de retaliação à onda de ataques xenófobos na África do Sul.

De referir que os ataques a estrangeiros na África do Sul deixaram 544 moçambicanos sem casas em menos de uma semana. Grande parte deste número, cerca de 397, já manifestou o desejo de regressar ao país, revelou o conselho técnico de gestão de calamidades que se reuniu de emergência.

Mais pormenores com o nosso correspondente em Maputo, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Maputo 07/09/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.