Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 15/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 13/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 15/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 13/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 15/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 13/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 13/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
África

Angola lança concurso internacional para alargar mercado de telefones

media Angola lança concurso internacional para alargar mercado dos telefones a um quarto título DR/Telecomangola

Foi lançado ontem um concurso internacional abrangendo vários sectores das telecomunicações, como telefones móvel e fixo ou televisão e Internet, pelas autoridades angolanas. Um concurso que passa por países vizinhos de Angola, mas também Dubai, já em outubro, e mais tarde Franckforte, Paris ou Londres. 

Angola lançou ontem um concurso internacional para alargar o seu mercado das telecomunicações a empresas de países vizinhos, mas também de Dubai, Franckfurte, Paris ou Londres, de forma a propor um melhor serviço aos utentes.

A operação é coordenada por um grupo de trabalho, constituído pelos ministros das finanças, das telecomunicações e tecnologias de informação e da economia e planeamento, segundo um comunicado divulgado à imprensa.

O concurso tem duas fases, a de apresentação de candidaturas, a decorrer até 8 de novembro e a de submissão das propostas pelos candidatos qualificados, que se seguirá após a conclusão da primeira. 

Telemóvel, televisão pôr subscrição e Internet

A licença que se pretende outorgar no quadro deste concurso, inclui a telefonia fixa e a telefonia móvel, mas também os serviços de televisão por assinatura e Internet.

Sectores que se enquadraria nesta procura de um quarto operador no mercado de telemóveis, por exemplo, em Angola.

Em entrevista à RFI, o economista, Paulo Ringote, membro do grupo técnico do comité interministerial para o concurso, explica esta nova estratégia, dos serviços das telecomunicações de Angola. 

Paulo Ringote, economista angolano sobre concurso internacional de telecomunicações de Angola 02/10/2019 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.