Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 24/05 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 19/05 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/05 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 24/05 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 19/05 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/05 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 24/05 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 19/05 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/05 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 24/05 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 19/05 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/05 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Artigo

Lei do Arizona, criticada por Obama, entra em vigor nesta quinta-feira

media Clandestinos voltam para o México, depois de tentativa fracassada de entrar no Estado do Arizona. Reuters

A nova lei contra a imigração ilegal autoriza os policiais a pedir documentos a qualquer pessoa. Os clandestinos serão presos e expulsos em seguida. Presidente Obama considera que lei pode prejudicar noções básicas de justiça.

 

A Lei SB1070, promulgada no fim do mês de abril pela governadora Jan Brewer, autoriza os policiais a prender pessoas a partir de "dúvidas razoáveis" de que possam estar ilegalmente no país. Os oficiais também estão autorizados a verificar documentos de qualquer pessoa, a qualquer hora. Em resumo, a nova lei transforma a permanência ilegal em crime.
O Arizona é a porta de entrada para os imigrantes ilegais que querem alcançar os Estados Unidos.

Reações

A nova lei é contrária à política de imigração desejada pelo presidente Barack Obama, que entrou com um processo contra o Estado do Arizona na Corte Federal de Phoenix, no início deste mês. A Casa Branca questiona a legalidade do texto e acusa a lei de violar a Constituição americana ao atribuir competências que cabem somente ao governo federal.

O professor David Foster, da cadeira de Letras Hispânicas e Estudos da Mulher e do Gênero da Universidade do Estado do Arizona, analisa que a nova lei deve aterrorizar os imigantes ilegais e abrir um precedente para que cada um dos 50 Estados norte-americanos queira implementar uma legislação própria para seu território. Isto já está acontecendo em nove Estados norte-americanos (Michigan, Alabama, Flórida, Nebraska, Pensilvânia, Carolina do Sul, Dakota do Sul, Texas e Virgínia) que apoiam a lei e têm a intenção de criar uma semelhante.
Já outros grupos de direitos civis temem que hava uma espiral de discriminação contra os cidadãos latinos, dentro de suas próprias comunidades. 

Os defensores da lei acreditam que a imigração ilegal no Estado do Arizona poderá ser controlada, já que deve desencorajar os clandestinos a entrarem no território americano. Para a governadora Jan Brewer, a lei vai proteger os cidadãos do Arizona.

 

David Foster, professor da Universidade do Arizona 28/07/2010 ouvir

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.