Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Angola

Angola: Sonangol desmente cenário de falência

media Le siège de la société de pétrole angolaise Sonangol, à Luanda. Wikipedia

A petrolífera angolana Sonangol, através de um comunicado,domingo, e duma conferência de imprensa esta segunda-feira, em Luanda,desmente a falência técnica devido à crise resultante da baixa do preço do petróleo.

Em causa estao as notícias publicadas no semanário português Expresso, citando documentos internos do
Conselho de Administração da Sonangol,sobre uma alegada crise financeira que a empresa estaria a viver, fruto da conjuntura petrolífera internacional e dos investimentos realizados no exterior nos últimos anos.

Segundo a Direcção da empresa, a Sonangol, vai manter o seu plano de investimentos, avaliado em 6,7 mil milhões de dólares,em todos os segmentos, dos quais 58 por cento em exploração e produção de petróleo bruto,15 por cento em refinaria de petróleo e 10 por cento em distribuição e logística de combustíveis.

A Direcção da Sonangol garante que em Dezembro de 2014, o lucro operacional da empresa excedia em 1.650 milhões de dólares a dívida liquida, revelando a sustentabilidade operacional do endividamento e a preservaçãao de liquidez suficiente para as adversidades conjunturais.

Recentemente, a Sonangol, desmentiu igualmente,o seu envolvimento na construção de uma refinaria na Província do Bengo,anunciada por um consórcio de empresas privadas angolanas e chinesas avaliada em 14 mil milhões de dólares.

Confira aqui o áudio da crónica de Avelino Miguel, correspondente em Luanda.

Correspondência de Luanda 13/07/2015 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.