Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 25/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 28/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 28/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 25/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 28/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 28/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 25/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 28/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 28/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 25/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 28/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 28/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Angola: professores em precaridade extema ameaçam greve

Angola: professores em precaridade extema ameaçam greve
 
SINPROF - Sindicato dos Professores de Angola SINPROF

Angola em plena crise económica e financeira devido à baixa dos preços do petróleo e à não diversificação da sua economia, tem uma inflação superior a 40%, o que representa uma enorme baixa do poder de compra para os angolanos.

Tal é o caso dos professores do ensino geral, que viram o seu salário real baixar de cerca de 10% desde 2013 altura em que apresentaram ao governo um caderno reivindicativo.

As aulas começaram esta quarta-feira em Angola, mas o sindicato dos professores deu uma moratória ao governo, ameaçando entrar em greve se até 28 de Fevereiro não for obtida resposta positiva às suas reivindicações em termos de aumentos salariais, redução da carga horária e promoções de carreira, como começa por referir Guilherme Silva, presidente do SINPROF.
 


Sobre o mesmo assunto

  • Angola

    Angola: inicio ano lectivo sob espectro de greve

    Saber mais

  • Angola

    Angola: Sindicato dos Jornalistas quer recorrer ao Tribunal Constitucional

    Saber mais

  • Economias

    Economia angolana à procura de diversificação

    Saber mais

  • Economias

    Angola: vai aprovar orçamento revisto para 2016

    Saber mais

  • Economias

    Angola rejeita ajuda financeira que daria credibilidade à sua economia

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.