Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 13/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 17/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 13/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 17/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 13/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 17/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 13/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Angola

Angola: visita da ministra portuguesa da justiça adiada

media Francisca Van Dunem, ministra portuguesa da justiça Ministério português da justiça

Foi adiada a visita que devia ter-se iniciado hoje a Angola da parte da ministra portuguesa da justiça. O reagendamento desta deslocação teria sido pedido por Luanda, uma semana após a justiça portuguesa ter confirmado uma investigação por corrupção contra o vice presidente angolano.

A pedido das autoridades angolanas foi adiada a visita da Ministra da Justiça de Portugal, Francisca Van-Dunem, Angola, que deveria iniciar hoje.

Luanda não avançou detalhes sobre os motivos do adiamento da visita, uma semana depois do Ministerio Publico português,ter constituído arguido, o Vice-Presidente de Angola, Manuel Vicente, acusado de branqueamento de capitais, corrupção,suborno e falsificação de documentos.

Manuel Vicente possui negócios em Portugal e foi o principal protagonista, de investimentos angolanos em terras lusas, que envolvem a família do Presidente José Eduardo dos Santos.

Manuel Vicente, ex-Presidente da petrolífera angolana Sonangol, foi várias vezes denunciado em Angola e Portugal,
de estar envolvido em negócios não transparentes.

Com a colaboração de Avelino Miguel em Luanda.
 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.