Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 15/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 13/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 15/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 13/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 15/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 13/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 13/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

José Eduardo Agualusa "agora posso dizer que sou escritor"

José Eduardo Agualusa
 
Éditions Métailié

As edições Métailié lançaram no passado dia 6 de Abril a tradução do livro do escritor angolano José Eduardo Agualusa de 2014 "A rainha Ginga e de como os africanos inventaram o mundo", o sexto livro do autor traduzido para francês.

A rainha Nzinga Mbandi, baptizada sob o nome Dona Ana de Sousa, comandou exércitos, se fazia chamar rei ou "ngola" um título real em língua Kimbundu, tinha um harém de homens vestidos de mulher, viveu entre 1582 e 1663, uma longevidade extremamente longa para a época.

Ela reinou no Ndongo e Matamba, hoje Malanje, no leste de Angola, vassalos do poderoso Reino do Congo, numa época conturbada, escravocrata e em plena Inquisição na colónia Protugal, então sob domínio espanhol.

Os relatos da sua extrema inteligência e crueldade, traições, alianças, casamentos e mesmo dupla conversão ao cristianismo, tudo por mera estratégia, abundam neste romance histórico ficcionado, através do qual José Eduardo Agualusa pretende dar uma versão africana, com detalhes, datas e façanhas dessa época, relatadas por personagens fortes e transversais entre Angola, Brasil e Portugal, países entre os quais o autor se desloca frequentemente.
 


Sobre o mesmo assunto

  • Convidado

    José Eduardo Agualusa: processo contra os jovens angolanos é "kafkiano"

    Saber mais

  • Convidado

    José Eduardo Agualusa recorda Gabriel García Marquez

    Saber mais

  • Angola

    José Eduardo Agualusa é um dos finalistas do "Man Booker International Prize"

    Saber mais

  • Vida em França

    Manifestações artísticas em "Afrique Capitale"

    Saber mais

  • Livro infantil de Vieira da Silva vai ser reeditado

    Livro infantil de Vieira da Silva vai ser reeditado

    O livro infantil “Ko&Ko Les Deux Esquimaux”, da pintora de origem portuguesa Maria Helena Vieira da Silva e do escritor francês Pierre Guéguen, vai ser reeditado pelas …

  • Guarda em Paris para promoção da Região

    Guarda em Paris para promoção da Região

    A Cidade da Guarda vem a Paris fazer uma apresentação da sua candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027. O Presidente daquela cidade portuguesa, Carlos Chaves Monteiro, …

  • Cabo Verde no Fórum Mundial da Música

    Cabo Verde no Fórum Mundial da Música

    Terminou esta semana em Paris o VI Fórum Mundial da Música, realizado pelo Conselho Internacional da Música.

  • Jacques Chirac quase meio século de poder em França

    Jacques Chirac quase meio século de poder em França

    Jacques Chirac deixou-nos esta quinta-feira aos 86 anos.Político do centro direita eleito para dois mandatos sucessivos no Eliseu entre 1995 e 2007 foi primeiro-ministro …

  • Marielle Franco: o jardim da resistência

    Marielle Franco: o jardim da resistência

    Na inauguração do jardim Marielle Franco, em Paris, António Neto traçou o percurso da filha Marielle Franco, assassinada a 14 de Março de 2018, no Rio de Janeiro.Passados …

  • A

    A "cabana ideal" do século XXI em Paris

    Le Corbusier, um dos mais importantes arquitectos do século XX, continua a influenciar criadores em todo o mundo. No início dos anos 50, realizou um ícone da arquitectura: …

  • "Reforma das pensões é uma questão de justiça"

    A França deu hoje mais um passo no sentido da reforma do sistema de pensões que visa acabar com os regimes especiais, em vigor há mais de 70 anos. Diante do Conselho …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.