Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 24/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 24/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 24/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 24/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Angola: inflação 40% aumentos salariais entre 5% e 15%

Angola: inflação 40% aumentos salariais entre 5% e 15%
 
BNA

Em Angola o parlamento discutiu esta quinta-feira (20/01) o reajuste salarial para os trabalhadores da função pública, com aumentos previstos de 15% para os salàrios mais baixos e de 5% para os mais elevados.

O último aumento salarial na função pública no país rondou os 8% e ocorreu em 2014, tendo então o salário mínimo sido aumentado para valores que segundo as diferentes categorias profissionais vão de pouco mais de 15 mil kwanzas, a pouco mais de 22 mil kwz, o que equivale a cerca de 80 e 107 dólares.

O governo prevê para 2017 uma inflação de 15,8%, quando ela é actualmente superior a 40%, o que fez aumentar de 40% o preço da cesta básica, devido à escassez de divisas e à desvalorização do kwanza face ao dólar - vendido nas ruas a 355 kwz, quando a taxa oficial de câmbio é de 190 kzz.

Diógenes Oliveira, presidente da Associação Angolana de Direitos do Consumidor - AADIC - defende que para restabelecer o poder de compra dos angolanos, os aumentos salariais deveriam ser superiores à inflação.
 


Sobre o mesmo assunto

  • Angola

    "Violência pedagógica" em Angola

    Saber mais

  • Angola

    Angola: pré-campanha para as eleiçoes gerais de Agosto

    Saber mais

  • Convidado

    Angola: caso "37 ex-militares" defesa denuncia tortura na prisão

    Saber mais

  • Angola

    Freedom House: Angola único país lusófono "não livre"

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.