Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 10/12 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 12/12 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/12 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 10/12 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 12/12 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/12 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 10/12 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 12/12 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/12 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 10/12 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 12/12 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/12 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Angola

Denúncias de intolerância política em Angola

media Um cidadão angolano numa mesa de voto em Luanda, 23 de Agosto de 2017. MARCO LONGARI / AFP

Um filho de um deputado da UNITA foi baleado no domingo à noite, em Luanda. Na província de Benguela, confrontos entre militantes do MPLA e da UNITA causaram cinco feridos.

Em Angola, houve denúncias de intolerância política neste fim-de-semana.

Um filho de um deputado da UNITA foi baleado no domingo à noite, em Luanda. O incidente surgiu depois dos confrontos entre militantes do MPLA e da UNITA na sexta-feira, em Benguela, que teriam causado cinco feridos.

Oiça aqui a reportagem de Avelino Miguel, correspondente em Luanda.

Avelino Miguel, Correspondente em Luanda 19/09/2017 ouvir

Joaquim Pascoal Nafoia, de 20 anos, teria sido atingido com um tiro na cabeça nas proximidades da sua casa. De acordo com a rádio Voz da América, o pai, o deputado da UNITA Joaquim Nafoia, acusou a polícia nacional de ter colocado o seu filho entre a vida e a morte. Joaquim Nafoia é também analista político da Rádio Despertar, ligada à UNITA.

A policia está a investigar o caso.

As eleições gerais de 23 de Agosto não foram reconhecidas por quatro das cinco forças da oposição, ainda que tenham sido validadas pelo Tribunal Constitucional.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.