Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 17/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 17/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Angola: "O Campo da Morte: execuções sumárias em Luanda"

Angola:
 
Relatório de Rafael Marques de Morais Makangola.orgla

"O Campo da Morte" é o título do relatório recentemente divulgado, no qual o jornalista e investigador angolano Rafael Marques de Morais reporta 92 vítimas mortais, na sua maioria fuziladas por polícias

organizados em esquadrões da morte, entre Abril de 2016 e Novembro de 2017, nos municípios de Viana e Cacuaco, nos arredores de Luanda.

Relatório enviado em Abril passado ao comandante geral da polícia, ao Ministro do Interior e à Procuradoria Geral da República, que a 12 de Dezembro anunciou a criação de uma comissão de inquérito, para apurar a "veracidade dos factos".

Para Rafael Marques, que começa por descrever o que é "O Campo da Morte", o Presidente João Lourenço tem "alguma sensibilidade nas questões de direitos humanos" e pretende "dissociar o seu governo desse tipo de comportamentos brutais".


Sobre o mesmo assunto

  • Angola

    Angola: 17 ONGs pedem fim de acções judiciais contra Rafael Marques

    Saber mais

  • Angola

    Jornalista angolano Rafael Marques absolvido ?

    Saber mais

  • Convidado

    Rafael Marques acusado de injúrias e ultraje a órgão de soberania

    Saber mais

  • Rafael Marques obteve entendimento com generais em Angola

    Saber mais

  • Angola

    Rafael Marques pede exoneração de José Filomeno dos Santos

    Saber mais

  • Convidado

    Rafael Marques: "O fim agonizante de Manuel Vicente"

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.