Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Angola

Angola abre fronteiras para fomentar investimentos

media Economia Angola em crise, pelo que Luanda, abre-se a investimentos de 40 países do mundo AMPE ROGERIO / AFP

Angola, abre fronteiras a cidadãos de 40 países africanos, asiáticos, da América e da Europa, no quadro da sua política de atracção de investimentos, nomeadamente, no sector do turismo. Até agora Angola é considerado um dos países mais fechados do mundo, pelo que esta política de abertura ao mundo está a ser bem vista. 

Luanda, decidiu abrir as suas fronteiras a cidadãos de quarenta países, para fomentar

o turismo e atrair investimento externo.

Segundo um decreto Presidencial, a partir de 30 de Março deste ano, cidadãos do Zimbabwe.

Botswana, Maurícias,  Seychelles e da Singapura, podem entrar e permanecer em Angola num período ate 30 dias e de 90 por ano sem necessitarem de visto.

Os outros 35 países, sendo 9 de África, 8 da América, 7 da Ásia, 8 da Europa e três da Oceânia, vão ser simplificados os actos migratorios para concessão de vistos para Angola.

Já estão isentos de vistos para entrar em Angola os cidadãos da África do Sul, Namíbia e Moçambique.

Angola é considerada como um dos países mais fechados do mundo e para fazer face à crise económica, precisa atrair investimento privado externo o que obriga, alterar a sua política migratória.

De Luanda, o nosso correspondente, Avelino Miguel.

Avelino Miguel, correspondente em Luanda 18/02/2018 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.