Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 11/11 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 13/11 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/11 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 11/11 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 13/11 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/11 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 11/11 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 13/11 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 11/11 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 12/11 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Angola: denúncias de vandalismo e atrocidades nas Lundas

Angola: denúncias de vandalismo e atrocidades nas Lundas
 
Logótipo do Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe DR

Em Angola prossegue a luta contra a imigração ilegal, através das operações Transparência, que desde 25 de Setembro levou à expulsão de mais de 380 mil imigrantes, na sua maioria congoleses, mas não só, sobretudo nas regiões diamantíferas das Lundas e por vezes com registos de violações de direitos humanos, acrescida desde esta terça-feira (30/10) pela Operação Resgate, que vai ser implementada em todo o país.

José Mateus Zecamutchima, presidente do Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe, que reivindica a autonomia desta região de Angola, fronteiriça com a RDC denuncia vandalismos, atrocidades e outras violações de direitos humanos perpetradas nas Lundas, contra congoleses, mas também angolanos e guineenses durante a Operação Transparência que continua, e que segundo ele, não foi preparada, teme "revanches e mais problemas" e aconselha ponderação ao Presidente Joao Lourenço, culpando o MPLA pela actual situação no país.


Sobre o mesmo assunto

  • Convidado

    Guineenses em Angola temem pela sua segurança

    Saber mais

  • Angola

    Congoleses expulsos de Angola exibem cartões de recenseamento

    Saber mais

  • Angola/RDC

    ONU acusa Angola de repatriamento forçado

    Saber mais

  • Angola

    Operação Resgate lançada em Angola

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.