Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 22/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 22/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 22/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 22/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Angola

Angola: alterada entrega de restos de Savimbi

media Jonas Savimbi morreu no Moxico com 67 anos em combate. AFP/Issouf Sanogo

O governo angolano decidiu hoje alterar à última da hora o acto de entrega dos restos mortais de Jonas Savimbi, líder histórico da Unita que deviam ter lugar esta manhã no aeroporto Joaquim Kapango no Kuito, no Bié.

A família e uma comitiva de jornalistas viajaram hoje para o Kuito, no Bié, no centro de Angola, para assistir à entrega dos restos mortais.

Quinze minutos chegou o ministro de Estado da presidência, acompanhado por vários membros do governo, Pedro Sebastião, que sem cumprimentar o presidente da Unita nem os familiares, entrou num helicóptero rumo ao Andulo onde o governo quer entregar os restos mortais.

A UNITA, maior partido da oposição, fala em humilhação e acto unilateral.

Álvaro Chikwamanga, coordenador da comissão da programaçao das exéquias de Jonas Savimbi 28/05/2019 ouvir

Os restos mortais saíram de Luena, no Moxico, sem a autorização da família que esta se mantém no Kuito a aguardar pelo desfecho da situação.

Por seu lado, em declarações à imprensa, o Presidente da Unita, Isaías Samakuva, lamentou a posição do governo, quando o seu partido tem estado aberto ao "diálogo e à procura de consensos."

Isaías Samakuva, Presidente da UNITA, em Angola 28/05/2019 ouvir

Versão diferente tem o ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança, Pedro Sebastião, a afirmar que "a Unita impediu os seus representantes de estarem presentes no Andulo para a recepção dos restos mortais do dr. Savimbi.

Pedro Sebastião, ministro de Estado e chefe da casa de segurança do Presidente angolano 28/05/2019 ouvir

Em colaboração com o nosso correspondente, em Luanda, Daniel Frederico, que recolheu as declarações do Ministro de Estado, Pedro Sebastião. 

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.