Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 25/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 25/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 25/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 25/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Angola

CAN 2019: Palancas Negras ficam fora da prova

media Os Palancas Negras foram dominados pelo Mali. RFI/Pierre René-Worms

Um empate era suficiente para os angolanos alcançarem o apuramento para os oitavos-de-final do Campeonato Africano das Nações de futebol. No entanto os Palancas Negras acabaram por ser derrotados.

Tudo ficou definido na primeira parte. Os malianos chegaram ao golo pelo médio Amadou Haidara aos 37 minutos de jogo.

Um golo que fez toda a diferença em Ismaília naquela que era a derradeira jornada da fase de grupos do CAN que decorre em território egípcio.

Na segunda parte a Selecção angolana ainda teve oportunidades mas não conseguiu concretizá-las.

Os Palancas Negras perderam por 1-0 e hipotecaram as hipóteses de seguir em frente na prova, terminando no terceiro lugar com dois pontos, sendo um dos dois piores terceiros juntamente com o Quénia.

Os angolanos terminaram a participação na prova com dois empates, 1-1 frente à Tunísia e 0-0 frente à Mauritânia, e uma derrota por 1-0 frente ao Mali.

O Mali acabou no primeiro lugar com sete pontos, à frente da Tunísia com três, de Angola com dois e da Mauritânia também com dois pontos.

De referir que no outro jogo do grupo, a Mauritânia e a Tunísia empataram sem golos.

O Campeonato Africano das Nações fica sem representantes lusófonos, visto que Angola e Guiné-Bissau acabaram por ser eliminados na fase de grupos.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.