Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 15/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 13/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 15/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 13/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 15/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 13/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 13/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Que efeitos tem o IVA em Angola?

Que efeitos tem o IVA em Angola?
 
Com a aplicação do IVA, o Estado Angolano espera arrecadar 389 milhões de Euros. Getty Images/Bloomberg/Simon Dawson

Depois de alguns adiamentos, começou na passada Terça-feira a ser implementado em Angola, o Imposto de Valor Acrescentado, o IVA, este país sendo o último da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) a aplicar esta taxa.

Com a aplicação do IVA, o Estado Angolano espera arrecadar 389 milhões de Euros. De acordo com a regulamentação estabelecida para a sua implementação, é aplicada uma taxa única de 14% abrangendo todas as importações de bens, os grandes contribuintes com proveitos superiores a 36 mil Euros bem como as empresas públicas de grande dimensão ou ainda as instituições financeiras bancárias. Os produtos da cesta básica, os medicamentos e combustíveis não estão incluídos nesta medida. Já outros produtos como o tabaco, as bebidas alcoólicas, gaseificadas e açucaradas, as armas de fogo, ou as jóias sofrem um agravamento do Imposto Especial de Consumo.

Aplicado sob recomendação do FMI que tem estado a apoiar Angola nas suas reformas, o IVA tem sido criticado antes mesmo de entrar em vigor, alguns dos aspectos apontados sendo nomeadamente a possibilidade de se aumentar ainda mais o custo de vida dos angolanos, ou ainda o facto de adoptar esta medida na precipitação. A RFI falou a este respeito com Alves da Rocha, Director e Coordenador do Departamento de Estudos Económicos da Universidade Católica de Angola, e com José Severino, presidente da AIA, Associação Industrial de Angola.


Sobre o mesmo assunto

  • Economias

    Angola está à venda?

    Saber mais

  • Economias

    Angola: aumento das tarifas dos serviços básicos penaliza população

    Saber mais

  • Economias

    IVA chega a Angola em Julho

    Saber mais

  • Economias

    Angola: "até 2025 a produção de petróleo vai cair de um terço"

    Saber mais

  • Economias

    Angola e a promessa de 500 mil novos empregos

    Saber mais

  • Economias

    Angola: população triplica em 15 anos

    Saber mais

  • Economias

    As economias dos países da África lusofóna em 2018

    Saber mais

  • Economias

    “Nota positiva” no balanço económico sobre João Lourenço

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.