Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 15/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 13/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 15/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 13/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 15/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 13/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 13/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Brasil

Aécio surpreende e enfrentará Dilma no segundo turno

media Disputa com Dilma será acirrada pelo bom desempenho de Aécio no primeiro turno. REUTERS/Edison Vara e Washington Alves

Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) vão disputar o segundo turno da eleição presidencial no Brasil no dia 26 de outubro. Com 99% dos votos apurados, de acordo com resultados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a presidente e candidata petista obteve 41,5% dos votos e o tucano, 33,6%. Marina Silva (PSB), que ocupou o segundo lugar durante boa parte da campanha, ficou em terceiro com 21,2%. A taxa de abstenção foi de 19,4%.

Em quarto lugar, a candidata do Psol, Luciana Genro, conquistou pouco mais de 1,5% da preferência do eleitorado. Os demais concorrentes à presidência sequer ultrapassaram a marca de 1%.

O declínio acentuado de Marina na reta final da campanha foi tão marcante quanto a ascensão surpreendente de Aécio na última semana. A morte do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, em agosto, foi apenas um interlúdio, porque ao final do primeiro turno PT e PSDB prevalecem como as duas forças políticas dominantes, há vinte anos, no cenário nacional.

Como previsto, 13 governadores foram eleitos no primeiro turno. O tucano Geraldo Alckmin conquistou o sexto mandato consecutivo do PSDB em São Paulo. Fernando Pimentel, do PT, venceu o candidato de Aécio, Pimenta da Veiga, em Minas Gerais. Beto Richa (PSDB) salvou a honra do partido oposicionista ao ser reeleito no Paraná.

Flávio Dino, do PC do B, encerrou 50 anos de dominação da família Sarney no Maranhão, impondo uma derrota expressiva a Lobão Filho (PMDB). Também foram eleitos no primeiro turno os governadores de Santa Catarina, Espírito Santo, Pernambuco, Bahia, Tocantins, Piauí, Mato Grosso, Alagoas e Sergipe.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.