Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 25/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 25/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 25/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 25/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Cabo Verde

Julgamento do caso de narcotráfico "Perla Negra" retoma na terça-feira

media Esta operação em São Vicente poderia indicar que os narcotraficantes não centram as suas actividades apenas na ilha de Santiago. flickr/Adam Swank

Retoma amanhã no tribunal da Comarca de São Vicente o julgamento do processo “Perla Negra” suspenso desde o dia 20 de Outubro. Este julgamento é referente à apreensão em Novembro do ano passado na ilha de São Vicente de 521 quilos de cocaína provenientes da América do sul, a segunda maior apreensão de droga em Cabo Verde, juntamente com armas, munições, dinheiro e viaturas topo de gama.  

No banco dos réus estão seis pessoas, um cidadão cabo-verdiano, um cubano, um suíço e 3 espanhóis, todos eles acusados de associação criminosa, tráfico internacional de droga, posse de armas e branqueamento de capitais. De acordo com a imprensa cabo-verdiana, os 3 arguidos espanhóis pediram a intervenção da diplomacia do seu país alegando que os seus direitos estariam a ser violados devido ao facto do Ministério Público ter apresentado as acusações que pesam sobre eles em Português, uma Língua que não dominam.
Mais pormenores com Odair Santos.

Odair Santos, correspondente da RFI em Cabo Verde 02/11/2015 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.