Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 16/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 17/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 16/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 16/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 17/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 16/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Cabo Verde

Cabo Verde participa nos Jogos da francofonia

media Jogos da Francofonia de Abidjan 2017 Sia KAMBOU / AFP

Pela primeira vez desde o fim da guerra civil, a Costa de Marfim acolhe os 8° jogos da francofonia. Este grande evento internacional reúne 4000 atletas e artistas que compõem a Organização Internacional da Francofonia oriundos de 53 países entre os quais Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.

Programados para decorrer de 21 a 30 de Julho, os VIII Jogos da Francofonia-Abidjan 2017 combinam competições desportivas e culturais.

Estes jogos entendem, segundos os organizadores, favorecer o desenvolvimento económico e “reforçar a coesão nacional da Costa do Marfim”, país ainda marcado por “tensões permanentes” nota o semanário francês Le Point.

Na noite de 20 de Julho um tiroteio decorreu em Abidjan na sequência duma remodelação governamental nas pastas da defesa e do interior levada a cabo pelo presidente Alassane Ouattara.

Estes jogos decorrem num intervalo de quatro em quatro anos com cerca de oito modalidades desportivas, entre os quais atletismo (olímpico e paralímpico), judo, futebol, basquetebol, lutas africana e livre, ténis de mesa e ciclismo.

Cabo Verde que faz parte da Organização Internacional da Francofonia desde 1996, participa nos Jogos pela sétima vez consecutiva com 19 elementos e nove atletas no judo (com os atletas Djamila Silva, Eliane Veiga, Manuel Soares e Wilson Teixeira) e nas modalidades paralimpicas com Carlos Araujo e Marilson Semedo.

Nas participações interiores o arquipélago lusófono tinha conseguido quatro medalhas: uma de ouro (Canada, 2001), uma de prata (Níger 2005) e duas de bronze (Madagáscar, 1997 e Níger 2005).

A Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe, também eles membros de pleno direito, não enviaram atletas.

Moçambique é apenas membro observador e não enviou nenhuma delegação.

Angola é o único país lusófono em África a não integrar, sob nenhum estatuto, a OIF.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.