Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Cabo Verde

Cabo Verde: relações com Israel desencadeiam críticas

media Luís Filipe Tavares, ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde governo.cv

Em Cabo Verde, o Governo esclareceu as relações com Israel, desmentindo a existência de compromisso para votar sistematicamente a favor desse país. A oposição criticou o estado de deriva, no qual se encontra a diplomacia e a política externa de Cabo Verde.

O governo desmente a existência de um compromisso de Cabo Verde no sentido de votar sistematicamente a favor do Estado de Israel, nas instâncias das Nações Unidas. Abordado pelos jornalistas sobre um alegado acordo que Cabo Verde não voltaria a votar contra Israel na ONU, o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares, disse que vai depender de cada situação.

O chefe da diplomacia cabo-verdiana afirmou que o país tem excelentes relações com Israel, há muitos anos, e o que se pretende é aprofundar essas laços de cooperação em áreas como as energias renováveis, a produção e processamento da água, a agricultura, a segurança, a defesa e várias outras áreas de interesse comum.

Na passada quarta-feira, depois de o Primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu ter anunciado, via Twitter, que Cabo Verde não voltaria a votar contra Israel na ONU, o Presidente da República Jorge Carlos Fonseca desmentiu que a questão tenha sido abordada entre os dois dirigentes na última cimeira da CEDEAO, realizada em Junho.

O principal partido da oposição,PAICV, por intermédio do seu vice-presidente Rui Semedo, considerou na sexta-feira que, actualmente, Cabo Verde regista uma deriva em matéria de diplomacia e política externa. Referindo-se ao desmentido  do ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares sobre um eventual compromisso com Israel para que Cabo Verde não vote contra o Estado hebreu nas instâncias da ONU, o dirigente do PAICV, declarou que outros tirassem as suas próprias conclusões.

Mais pormenores com o nosso correspondente Odair Santos.

Correspondência de Cabo Verde.Odair Santos 12/08/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.