Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Cabo Verde

Cabo Verde: troca de farpas entre ex e actual primeiro-ministro

media José Maria Neves, ex primeiro-ministro cabo-verdiano, em Paris a 17 de Fevereiro de 2016 RFI/Miguel Martins

Em Cabo Verde o antigo primeiro-ministro, José Maria Neves, em entrevista à agência Lusa criticou o que qualificou de "neoliberalismo desenfreado" do governo ao entregar sectores estratégicos a empresas privadas estrangeiras. O antigo chefe do executivo alegou também estar a assistir-se a um recuo da figura do primeiro-ministro devido a um presidente cada vez mais interventivo.

O primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva reagiu hoje às críticas de "neoliberalismo desenfreado" do seu antecessor.

José Maria Neves que alegara também que o presidente da república tinha vindo a ganhar terreno em detrimento do chefe do executivo dando como exemplo o facto de, contrariamente ao que aconteceria desde Mascarenhas Monteiro, as delegações às cimeiras da CEDEAO serem conduzidas pelo primeiro-ministro. Ora o actual chefe de Estado teria assumido essa função em detrimento do chefe do exeutivo.

Para Ulisses Correia e Silva este discurso é a prova de que José Maria Neves já se está a posicionar como candidato à presidência.

O primeiro-ministro, também em declarações à agência Lusa, denunciou o que qualificou de "socialismo escalavrado" do seu antecessor e disse ter um estilo diferente do de Maria Neves que considerou ser "omnipresente" e "absoluto".

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.