Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Cabo Verde

Cabo Verde: Greve nos Correios perturba época natalícia

media Greve nos Correios perturba época natalícia. JOE RAEDLE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

Segundo e último dia da greve dos Correios, em protesto contra a redução dos subsídios de Natal e outras injustiças laborais, no entanto, e devido aos feriados da quadra natalícia, os Correios só abrirão a 26 de Dezembro.

Os cabo-verdianos que têm encomendas para receber via os Correios, neste Natal, vão poder fazê-lo, somente na próxima quarta-feira. Esta é uma das consequências da greve de 48 horas dos Correios de Cabo Verde iniciada na quinta-feira e incluiu a tolerância de ponto na próxima segunda-feira, 24 de Dezembro.

Os trabalhadores dos Correios de Cabo Verde são contra a redução do subsídio de Natal de 100% para 60% do valor do salário.

O secretário permanente do Sindicato dos Transportes, Telecomunicações Hotelaria e Turismo (SITTHUR), Carlos Lopes, afirma que a administração da empresa tomou uma medida arbitrária ao cortar 40 por cento do subsídio de Natal aos funcionários dos Correios de Cabo Verde.

Em reacção, o administrador dos Correios de Cabo Verde, Cipriano Carvalho, explicou que o subsídio de Natal não é um direito adquirido dos trabalhadores, sendo que o regulamento interno diz que esse subsídio só é atribuído em percentagem, dependendo do resultado da empresa e da situação económica e financeira dos Correios, mesmo assim, diz ter paga outros benefícios aos funcionários.

A greve dos funcionários dos Correios está a ter maior impacto, no Mindelo e na Praia, as duas maiores cidades do país, onde muitos idosos não conseguiram receber a pensão social, por causa da paralisação.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Odair Santos.

Correspondência de Cabo Verde 21/12/2018 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.