Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 18/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 18/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Cabo Verde

Pobreza continua a ser um flagelo em Cabo Verde

media Cidade da Praia, Cabo Verde, que continua a viver com problemas sociais como habitação e pobreza extrema RFI/NeidyRibeiro

Cabo Verde é sempre apresentado como país modelo em África, com bons indicadores, nomeadamente, no combate à pobreza, mas a realidade é que continua a ter mais de 100 mil pessoas vivendo na  pobreza. O país sofre com a vulnerabilidade socio-económica e a falta de recursos naturais para poder resolver o problema da pobreza.

O problema da pobreza em Cabo Verde, vem de longe, desde o colonialismo português, passando pelo regime de partido único e a abertura política nos anos 90, com os sucessivos governos acalentando esperanças duma solução.

Mas, passam os governos, quer do PAIGC, repatizado PAICV, durante 15 anos de regime de partido único, quer do MpD, com a transição democrática, nos anos 90, fica o flagelo da pobreza e da miséria.

Todos os governos, têm feito promessas de solução, mas segundo o INE, Instituto Nacional de Estatística, no último relatório, Cabo Verde, continua a ter 100 mil pessoas a viver na pobreza, e deste número, 50 mil, vivem na pobreza extrema. 

Ainda esta semana, o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, prometeu dar combate à pobreza e criar programas de inclusão social dirigidos às camadas mais pobres e aos jovens penalizados pelo desemprego.

Esta persistente pobreza é devido a vulnerabilidades socio-económicas e políticas públicas, mal arquitectadas, segundo o sociólogo, Ulisses Veiga, professor na Universidade Intercontinental, na Praia

Ulisses Veiga, sociólogo e professor na Universidade Intercontinental na Praia, Cabo Verde 24/05/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.