Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Artigo

Imunoterapia, técnica revolucionária contra câncer, é apresentada em congresso nos EUA

media Especialistas de todo o mundo se reúnem a partir desta sexta-feira (29) no congresso da Asco em Chicago. Divulgação/Asco

A imunoterapia, uma nova técnica que promete tratar todos os tipos de câncer, será apresentada no congresso anual de Cancerologia, que começa nesta sexta-feira (29) em Chicago, nos Estados Unidos. O tratamento promete revolucionar o mundo da medicina.

Pesquisadores e especialistas reunidos em Chicago para o congresso da Sociedade Americana da Oncologia Clínica (Asco, sigla em inglês) apostam todas as suas fichas no novo tratamento. A imunoterapria se mostra eficaz até mesmo contra os tumores mais agressivos, para os quais os médicos não tinham, até então, nenhuma solução.

O grande segredo da nova técnica foi a compreensão de que a célula maligna não é a única responsável pelo câncer. Em qualquer tipo de câncer, as células imunitárias, que defendem o organismo, entram em uma espécie de pausa.

Os especialistas encontraram essas moléculas paralisadas e desenvolveram anticorpos capazes de "acordá-las". O tratamento funciona tão bem que é capaz de limitar a progressão do tumor de forma eficaz e duradoura.

Aplicação deve começar em breve

Especialistas acreditam que a autorização das autoridades para a aplicação da imunoterapia deve acontecer rapidamente. Os Estados Unidos já colocaram em prática dois tratamentos desse tipo no final de 2014. Na Europa, as autoridades devem autorizar brevemente um tratamento imunoterápico contra o câncer de pulmão e de pele.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.